Segunda-feira, 18.07.16

Siklista Anche Cabral sei hanesan estreia timoroan iha 'cross country' olímpiku

Siklista Anche Cabral, ho tinan 31, hetan foin lalais ne'e supreza boot rua, bainhira hetan konviti hodi halo estreia Timor-Leste nian iha 'cross country' olímpiku no, iha 24 horas nia laran, nia konsege hetan apoiu finanseiru hodi ba iha Jogu sira Rio2016. 

 

Foto@ SAPO Timor-Leste

Foto@ SAPO Timor-Leste

 

Halo ona apelu ida iha rede sosial sira hodi nune'e atleta simu apoiu finanseiru hodi husik nia serbisu durante fulan ida no, maski nune'e, tulun família - ne'ebé ba nia rendiementu - no mós ba iha Rio de Janeiro.

 

"Ha'u senti suprendidu no haksolok tebes. Ba timoroan sira hanesan ba dala uluk maka ami sei kompete iha modalidade hosi "mountain bike" ne'e. Sei la fásil ba ha'u, ha'u ladún kompetitivu hanesan atleta sira seluk, maibé hanesan onra ida reprezenta ha'u nia nasaun", nia hatete ba ajénsia Lusa.

 

Aleinde Anche Cabral, delegasaun timoroan nian ne'ebé sei ba Rio de Janeiro inklui atleta na'in rua seluk, Augusto Ramos ho Nélias Martins, ne'ebé sira na'in rua sei kompete iha metru 1.500 no hanesan "wild cards".

 

Sistema hosi konviti sira hala'o daudaun hodi promova no fó korajen ba desportu iha modalidade oioin iha nasaun sira ne'ebé asesu ba kompetisaun no rekursu sira ladún permiti ba atleta sira iha asesu ba "palku" internasional sira.

 

Iha kazu Timor-Leste nian partisipasaun sira iha edisaun sira ne'e hetan liuhosi konviti sira, ho delegasaun istóriku - ba dala uluk - kompete iha tinan 2000 iha Jogu Olímpiku sira Sydney nian ne'ebé destaka ona maratonista Águeda Amaral ne'ebé konsege hakotu prova.

 

Agora ne'e, destake ba iha siklizmu ne'ebé Timor-Leste sei estreia, hodi marka esforsu sira ne'ebé nasaun dezenvolve hela hodi promove modalidade ne'e, liuliu hosi Tour de Timor ne'ebé halo tinan-tinan no, iha tinan ne'e, hala'o iha fulan-Setembru.

 

Ba Acnhe Cabral supreza hosi konviti hodi partisipa no resposta hosi sidadaun anónimu sira, nasional no estranjeiru sira, ne'ebé liuhosi plataforma ida angariasaun fundu nian halo nia hetan osan liu 5.000 resin.

 

Apoiu ne'e boot tebes no halo atleta sei konsege buat barak duké ida ne'ebé nia hanoin, tanba besik ona hetan osan sufisiente hodi sosa nia bisikleta ida, hodi husik nune'e uza bisikleta hosi belun no treinador, Nelson Santos nian, ne'ebé treina loron-loron entre kilómetru 30 no 50.

 

Funsionáriu hosi Air Timor, kompañia aérea timoroan nian, iha tinan haat nia laran, Anche Cabral kompete ona iha prova oioin iha Ázia no iha Timor-Leste hodi akumula pontu hamutuk 84.

 

"Ha'u sei halo buat ne'ebé ha'u bele. Ha'u la hatene saida maka sei akontese, prova sira hanesan susar maibé ha'u sei tenta buat ne'ebé ha'u bele", nia garanti ona.

 

Atleta timoroan sei kompete iha Sentru Mountain Bike, perkursu ida ho metru 5.400 ne'ebé tama iha Parte Radical no ne'ebé aproveita topografia hosi rejiaun hodi dezafia partisipante sira, ho kalendáriu ne'ebé sei haree hanesan loron sira kompetisaun nian loron 20 no 21 Agostu.

 

Tuir pájina ofisial hosi Rio2016, edisaun iha tinan ne'e konta ho partisipasaun hosi atleta na'in 80 (mane na'in 50 no feto na'in 30).

 

'Cross-country' halo nia estreia olímpiku iha Atlanta96 no marka prezensa ona iha edisaun sira hosi Jogu sira ne'e no ohin loron hanesan disiplina ida hosi disiplina haat siklizmu nian iha prova.

 

ho Lusa

Ciclista Anche Cabral fará a estreia timorense no 'cross country' olímpico

A ciclista Anche Cabral, de 31 anos, teve recentemente duas grandes surpresas, ao ser convidada para fazer a estreia de Timor-Leste no 'cross country' olímpico e depois, em 24 horas, ao conseguir apoio financeiro para ir aos Jogos Rio2016. 

 

Foto@ SAPO Timor-Leste

 

Foi feito um apelo nas redes sociais para que a atleta recebesse apoio financeiro para poder deixar o seu trabalho um mês e, ainda assim, ajudar a família - que depende do seu rendimento - e ainda estar no Rio de Janeiro.

 

"Fiquei muito surpreendida e muito contente. Para os timorenses é a primeira vez que vamos competir nesta modalidade do 'mountain bike'. Não vai ser fácil para mim, não sou tão competitiva como outros atletas, mas é uma honra representar o meu país", disse à agência Lusa.

 

Além de Anche Cabral, a delegação timorense que vai estar no Rio de Janeiro inclui dois outros atletas, Augusto Ramos e Nélias Martins, que vão ambos competir nos 1.500 metros, sendo que todos são 'wild cards'.

 

O sistema de convites está desenhado para promover e encorajar o desporto em várias modalidades em países onde o acesso à competição e a recursos nem sempre permite aos atletas ter acesso aos 'palcos' internacionais.

 

No caso de Timor-Leste as participações nas edições têm sido sempre por convites, com a delegação histórica - a primeira - a competir em 2000 nos Jogos Olímpicos de Sydney, onde se destacou a maratonista Águeda Amaral que conseguiu acabar a prova.

 

Desta vez, o destaque vai para o ciclismo no qual Timor-Leste se estreia, marcando os esforços que o país tem vindo a desenvolver para promover esta modalidade, nomeadamente através do anual Tour de Timor que, este ano, se realiza em setembro.

 

Para Anche Cabral à surpresa do convite para participar seguiu-se a surpresa da resposta de cidadãos anónimos, nacionais e estrangeiros, que através de uma plataforma de angariação de fundos lhe deram mais de 5.000 dólares.

 

O apoio foi tanto que a atleta até vai conseguir ir mais além do que pensava, estando já próxima de conseguir suficiente dinheiro para comprar uma bicicleta sua, deixando de ter que usar a do amigo e treinador, Nelson Santos, em que treina diariamente entre 30 e 50 quilómetros.

 

Funcionária da Air Timor, a companhia aérea timorense, há quatro anos, Anche Cabral já competiu em várias provas na Ásia e em Timor-Leste, acumulando 84 pontos. "Vou fazer o melhor que puder. Não sei o que vai acontecer, as provas são difíceis mas vou tentar o meu melhor", garantiu.

 

A atleta timorense vai competir no Centro de Mountain Bike, um percurso de 5.400 metros inserido no Parte Radical e que aproveita a topografia da região para desafiar os participantes, com o calendário a prever como dias de competição 20 e 21 de agosto.

 

Segundo a página oficial do Rio2016, a edição deste ano conta com a participação de 80 atletas (50 homens e 30 mulheres).

 

O 'cross-country' fez sua estreia olímpica em Atlanta96 e esteve presente em todas as edições dos Jogos desde então, sendo hoje uma das quatro disciplinas de ciclismo em prova.

 

com Lusa

pesquisar

 

Fevereiro 2018

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

posts recentes

últ. comentários

  • Favor hakerek ho formato lolos:Boavista 0 - 1 FC p...
  • Kona ba ita nia selesaun futsal nian nebe dadaun n...
  • Tun ba posizaun 19 = desceu para a decima nona pos...
  • El sonido de una mágica voz.Veo, en la inmensidad ...
  • VIVA! Viva o BENFICA! VIVA! Viva o BENFICA!
  • VIVA! Viva o BENFICA VIVA Viva o BENFICA</b!!!
  • nossa show de bola, parabéns!Very good mens!
  • Manan na'in ba tinan 2013 mak husi ekipa Eni Timor...
  • acho que esta horario incompleto, porque so estava...

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO

Atletismo