Real Madrid recupera de 0-2 para 3-2 contra o Villarreal e segura liderança

O Real Madrid esteve hoje a perder por 2-0 no terreno do Villarreal, em jogo da 24.ª jornada da liga espanhola de futebol, mas conseguiu 'virar' o resultado para 3-2 e segurou a liderança da competição.


 

Golos de Bale, Cristiano Ronaldo, de grande penalidade, e Álvaro Morata anularam a vantagem criada pelos golos de Trigueros e Bakambu. O Real Madrid segue líder da tabela, com mais um ponto, mas menos um jogo do que o Barcelona, que hoje venceu em casa do Atlético de Madrid (2-1), enquanto o Villarreal é sexto com 39.

 

A equipa anfitriã entrou melhor no jogo e dispôs das melhores oportunidades durante o primeiro tempo, com o Real Madrid a não conseguir dominar a partida na primeira vez em que o técnico Zidane repetiu o 'onze' utilizado na final da Liga dos Campeões de 2016, na vitória frente ao Atlético.

 

Os golos só 'surgiram' no segundo tempo, com o primeiro a ser marcado aos 50 minutos por Manu Trigueros. Seis minutos depois, foi Bakambu a aumentar a vantagem.

 

Os 'merengues', até então adormecidos e pouco acutilantes nas ações ofensivas, reagiram e passaram a dominar o encontro, fazendo o 3-1 aos 64 minutos, através do galês Gareth Bale, de volta à titularidade depois de vários meses lesionado.

 

Depois de Bruno Soriano ter jogado a bola com a mão, o árbitro assinalou grande penalidade para o Real, que Cristiano Ronaldo converteu aos 74 minutos, restabelecendo a igualdade.

 

O lance levou à expulsão de Fran Escribá, devido a protestos, e foi da bancada que o técnico do 'submarino amarelo' viu Marcelo cruzar para o cabeceamento certeiro de Morata, que consumou a reviravolta, aos 83 minutos.

 

Antes, o jogo da jornada opôs, no Vicente Calderón, o Atlético de Madrid ao Barcelona, com os catalães a saírem vencedores de um duelo duro e bem disputado.

 

Depois de o brasileiro Rafinha ter adiantado o Barcelona, aos 64, o uruguaio Godín igualou a partida, que viria a ser decidida através do argentino Lionel Messi, que marcou o golo da vitória, aos 86 minutos.

 

A equipa de Luís Enrique, que teve André Gomes em campo desde os 85, chegou a liderar a liga até à vitória do Real Madrid, mas está agora no segundo lugar com 54 pontos, menos um do que os 'merengues', enquanto os homens de Diego Simeone estão na quarta posição com 45.

 

A jogar em casa, o Athletic de Bilbau não teve dificuldades em vencer o Granada por 3-1, com golos de Susaeta, Lekue e San José a darem a vitória aos 'bascos', contra um golo do marroquino ex-Benfica Mehdi Carcela.

 

O Athletic é oitavo classificado, com 38 pontos, a um dos lugares europeus, enquanto o Granada, com Rui Silva e Rúben Vezo no banco, é 19.º e penúltimo com 16.

 

Em Gijón, Sporting e Celta de Vigo empataram a uma bola, com golos de Moi Gómez para os da casa e Aspas para os forasteiros, num resultado que serve mais ao Celta, 10.º classificado, do que ao Sporting, que se mantém em zona aflitiva no 18.º posto.

 

De manhã, o Espanyol, de Quique Flores, venceu com tranquilidade o Osasuna, por 3-0, e é nono, enquanto o Osasuna é o lanterna-vermelha.

 

@Lusa