Sabella deixa comando técnico da Argentina

Treinador anunciou a não renovação de contrato com a Associação do Futebol Argentino.

 

 

Foto: FELIPE TRUEBA / EPA

 

Sabella comandou a seleção argentina até à final do Mundial2014.

 

Alejandro Sabella não se vai manter no comando da seleção argentina. O técnico vice-campeão do mundo anunciou a decisão a Julio Grondona, presidente da Associação do Futebol Argentino, e a saída deverá ser confirmada em breve.

 

Segundo o jornal diário Clarín, uma semana depois da realização da final Sabella pediu uma semana para pensar sobre o seu futuro e responder à proposta de renovação do seu vínculo até 2018, que lhe tinha sido oferecida pela entidade máxima do futebol argentino.

 

Ao que parece, o técnico de 59 anos sente necessidade de descansar e sente que não está em condições de estar totalmente concentrado nos trabalhos da seleção. “É preciso encher o tanque de energia, que às vezes se esvazia. Tenho que pensar se estou em condições de dar 100%, que é o que peço aos jogadores”, afirmou, após ter aterrado na Argentina depois do Mundial.

 

A notícia já é praticamente dada como certa. De tal forma que José Pékerman, selecionador da Colômbia, é visto como o sucessor ideal, depois do trabalho que desenvolveu ao serviço da seleção “cafetera”, que atingiu a melhor posição de sempre num Mundial: os quartos-de-final.

 

@SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt