Ranking FIFA: Portugal continua trajetória descendente e Timor-Leste está na posição 186

A seleção portuguesa de futebol prosseguiu hoje a trajetória descendente no ‘ranking’ da FIFA, caindo do sétimo para o oitavo lugar, numa classificação divulgada hoje e que continua a ser liderada pela Argentina. 

 

 

Numa atualização com várias alterações entre os 10 primeiros, Portugal foi ultrapassado pela França, seleção que venceu na final do Campeonato da Europa, por 1-0, após prolongamento, conquistando dessa forma o primeiro grande título internacional.

 

A Argentina, vice-campeã do mundo, mantém-se firme no comando, mas tem nova companhia no pódio: a Alemanha, campeã mundial, e o Brasil, subiram à segunda e terceira posições, respetivamente, relegando a Bélgica para o quarto posto.

 

A Colômbia deixou de estar empatada com o Brasil em quarto lugar e desceu para quinto, enquanto a Espanha, que ocupava a 11.ª posição no ‘ranking’ anterior, divulgado a 15 de setembro, entrou nos 10 primeiros colocados, relegando o País de Gales para 11.º.

 

A Suíça é a mais bem classificada dos cinco adversários de Portugal no grupo B da qualificação europeia para o Mundial2018, tendo subido de 16.ª para 14.ª, ao contrário da Hungria (de 20.ª para 22.ª), tendo a Letónia descido 21 posições, para 116.ª, e sido ultrapassada pelas Ilhas Faroé (subiu de 111.º para 74.º) e Andorra permanecido em 203.º.

 

Entre os países lusófonos, Guiné-Bissau subiu de 73.ª para 69.ª, superando Cabo Verde, que, ainda assim, ascendeu um posto, para 71.º, ao contrário de Moçambique, que caiu de 89.º para 95.º, tendo Angola mantido o 134.º posto e São Tomé e Príncipe (153.º) e Timor-Leste (186.º) descido ligeiramente.


‘Ranking’ da FIFA, a 20 de outubro:

 

1. (1) Argentina, 1.621 pontos.

2. (3) Alemanha, 1.465.

3. (4) Brasil, 1.410.

4. (2) Bélgica, 1.382.

5. (4) Colômbia, 1.361.

6. (6) Chile, 1.273.

7. (8) França, 1.271.

8. (7) Portugal, 1.231.

9. (9) Uruguai, 1.175.

10. (11) Espanha, 1.168.

(...)

69. (73) Guiné-Bissau, 515.

71. (72) Cabo Verde, 508.

95. (89) Moçambique, 359.

110. (108) Gabão, 323.

134. (134) Angola, 236.

153. (151) São Tomé e Príncipe, 177.

186. (183) Timor-Leste, 74.

 

Fonte: Lusa