Presidente argentina Cristina Kircher estará ausente da final

Com a ausência da presidente argentina, Dilma e Merkel estarão lado a lado.



A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, estará ausente da final de domingo do Mundial2014 de futebol entre Argentina e Alemanha, no Rio de Janeiro, por se encontrar a recuperar de uma faringolaringite.

 

Kirchner enviou uma carta na quinta-feira à sua homóloga brasileira, Dilma Roussef, explicando que esteve com uma inflamação da laringe e faringe durante toda a semana e que terá que recusar o convite.

 

A chefe de Estado argentina, que deverá visitar Brasília na próxima semana para uma reunião sobre novas energias, tem também prevista para sábado uma receção ao presidente russo, Vladimir Putin, de visita à Argentina.

 

Nas palavras dirigidas a Dilma Roussef, Kirchner explica ainda que na segunda-feira terá que viajar até ao sul da Argentina, para estar no aniversário do primeiro ano do seu neto Nestor Ivan.

 

“Como avó, entende o quanto ansiosa estou para partilhar este aniversário com a minha família”, diz Kirchner.

 

Na final do Mundial - um campeonato em que tanto os países finalistas, como o anfitrião, têm à frente dos seus destinos mulheres -, Dilma Roussef contará apenas com Angela Merkel, a chanceler alemã.

 

SAPO Desporto