Quinta-feira, 09.11.17

Cannavaro substitui Scolari iha komando tékniku hosi Guangzhou Evergrande

Italianu Fabio Cannavaro aprezenta ona, iha loron-kinta, nu'udar treinador hosi Guangzhou Evergrande, kampeaun futebol xinés dala hitu, ba temporada lima oinmai, hodi troka brazileiru Luiz Felipe Scolari. 

 

 

Iha semana liubá, Cannavaro fó sai ona saída hosi Tianjin Quanjian, ne'ebé hakotu liga xineza iha pozisaun datoluk, klube ne'ebé maka hetan substituisaun hosi portugés Paulo Sousa.

 

Italianu, ne'ebé iha tinan 2015 orienta ona Guangzhou Evergrande durante fulan hitu, garanti ona katak senti satisfeitu ho regresu ba ekipa ne'ebé maka domina futebol xinés.

 

"Ha'u hatete nafatin katak loron ida sei fila fali, ha'u senti orgullu tebes no haksolok tanba halo duni. Planu sira ba klube ne'e hanesan estimulante no ne'e halo ha'u iha liután vontade hodi serbisu", afirma hosi antigu futebolista internasional italianu ho tinan 44.

 

Xu Jiayin, proprietáriu hosi klube no mane ida entre ema sira ne'ebé riku liu iha Xina, estabelese ona hanesan objetivu ba tékniku foun hodi iha ekipa ida 100% xineza iha tinan 2020.

 

Tékniku foun hatán ona ba dezafiu hodi afirma: "Ha'u senti konvensidu katak jogador sira Evergrande nian la'ós serve de'it klube maibé mós selesaun nasional nian".

 

Aleinde Tianjin Quanjian ho Guangzhou Evergrande, Fábio Cannavaro, ne'ebé hetan Bola Osan-Mean iha tinan 2006, orienta ona Al Ahli, hosi Emiradu Árabe Unidu, ho Al Nassr, hosi Arábia Saudita.

 

ho Lusa

Cannavaro substitui Scolari no comando técnico do Guangzhou Evergrande

O italiano Fabio Cannavaro foi hoje apresentado como treinador do Guangzhou Evergrande, heptacampeão chinês de futebol, para as próximas cinco temporadas, substituindo no cargo o brasileiro Luiz Felipe Scolari. 

 

 

Cannavaro tinha anunciado na semana passada a saída do Tianjin Quanjian, que terminou a liga chinesa na terceira posição, clube no qual foi substituído pelo português Paulo Sousa.

 

O italiano, que em 2015 já tinha orientado o Guangzhou Evergrande durante sete meses, garantiu estar satisfeito com o regresso à equipa, que tem dominado o futebol chinês.

 

“Eu sempre disse que voltaria um dia, sinto-me lisonjeado e feliz por fazê-lo. Os planos para este clube são excitantes e isso dá-me ainda mais vontade de trabalhar” afirmou o antigo futebolista internacional italiano, de 44 anos.

 

Xu Jiayin, proprietário do clube e um dos homens mais ricos da China, estabeleceu como objetivo para o novo técnico ter uma equipa 100% chinesa em 2020.

 

O novo técnico respondeu ao desafio, afirmando: “Estou convencido de que os jogadores do Evergrande podem não só servir o clube, mas também a seleção nacional”.

 

Além do Tianjin Quanjian e do Guangzhou Evergrande, Fábio Cannavaro, vencedor da Bola de Ouro em 2006, já orientou o Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, e o Al Nassr, da Arábia Saudita.

 

Lusa

pesquisar

 

Novembro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
17
18
19
21
22
25
26
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Favor hakerek ho formato lolos:Boavista 0 - 1 FC p...
  • Kona ba ita nia selesaun futsal nian nebe dadaun n...
  • Tun ba posizaun 19 = desceu para a decima nona pos...
  • El sonido de una mágica voz.Veo, en la inmensidad ...
  • VIVA! Viva o BENFICA! VIVA! Viva o BENFICA!
  • VIVA! Viva o BENFICA VIVA Viva o BENFICA</b!!!
  • nossa show de bola, parabéns!Very good mens!
  • Manan na'in ba tinan 2013 mak husi ekipa Eni Timor...
  • acho que esta horario incompleto, porque so estava...

mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO

Atletismo