Mundial 2014: Das 13 europeias ficaram seis

Fase de grupos terminou esta quinta-feira e Mundial regressa no sábado.


Jogo Portugal-Gana foi o último dos lusos no Brasil

Foto: José Sena Goulão

 

Das 13 seleções europeias que participaram no Mundial apenas seis se qualificaram para os oitavos de final da prova.

 

A 'queda' mais estrondosa foi mesmo a da Espanha, campeã mundial em título, que na segunda jornada do Grupo B dizia adeus à prova, nessa altura já com sete golos sofridos.

 

No Grupo C, composto por três campeões mundiais, Inglaterra e Itália não foram capazes de superar as 'americanas' Uruguai e a surpreende Costa Rica. O duelo europeu deu-se logo na primeira jornada, com os transalpinos a sairem vitoriosos. Os ingleses tiveram um Mundial para esquecer, somando apenas um ponto (empate com a Costa Rica no último jogo quando os latino-americanos já estavam apurados).

 

No Grupo A, a Croácia, solitária, ainda deixou para o último encontro a decisão, mas o México foi mais forte.

 

O Grupo E é a exceção, com França e Suíça a fazerem o pleno e a deixarem pelo caminho as 'modestas' Honduras e Equador.

 

No Grupo F, a estreante Bósnia acusou o facto de ser a primeira vez que 'andava' nestas provas e somou três pontos, fruto da vitória ante o Irão de Carlos Queiroz.

 

No Grupo G, as apostas da maioria iam para um pleno dos Europeus, com Alemanha e Portugal a qualificarem-se, mas a realidade foi outra e a equipa das quinas ficou-se pela fase de grupos, com uma derrota, um empate e uma vitória, frente ao Gana esta quinta-feira.

 

A fechar, a Argélia bateu a Rússia e deixou a Europa orfã de mais uma seleção.

 

A Europa ficou com Holanda, Grécia, França, Suíça, Alemanha e Bélgica para tentar quebrar a 'maldição' de nenhuma equipa do Velho Continente ganhar Mundiais na América.

 

SAPO Desporto

tags: