Timor-Leste participa na sua segunda edição dos Jogos do Sudeste Asiático

Cerca de 40 atletas timorenses, incluindo a seleção de futebol sub23, e representantes em seis outras modalidades, participam a partir de sexta-feira na XXVIII edição dos Jogos do Sudeste Asiático (SEA Games), que decorrem em Singapura.

 

 

A delegação timorense inclui, além da equipa de futebol, cerca de 20 atletas que representarão Timor-Leste na edição deste ano: basquetebol, boxe, ciclismo, taekwondo, atletismo e pencak silat, uma forma tradicional de artes marciais comum na região.

 

Os SEA Games, que decorrem de dois em dois anos envolvem participantes de onze nações do sudeste asiático, sendo reguladores pela Federação de Jogos do Sudeste Asiático, sob supervisão do Comité Olímpico Internacional e do Conselho Olímpico da Ásia.

 

Realizados pela primeira vez na Tailândia em 1959 os jogos têm vindo a crescer desde aí passando de 6 países para 11 (Timor-Leste foi o último a juntar-se em 2003), de 12 para 35 desportos e de 650 para cerca de 4800 atletas.

 

A Tailândia foi o país que mais edições acolheu (seis) e a Indonésia o país com mais vitórias globais (10 vezes desde 1977), com o recorde de maior número de medalhas de ouro (194).

 

Até 1977 os jogos contavam com participantes do Cambodia, Laos, Malásia, Myanmar, Singapura, Tailândia e Vietnamte, tendo juntado nesse ano Brunei, Indonésia e Filipinas.

 

A edição deste ano marco o regresso do evento a Singapura, 22 anos depois, com a realização de mais de 402 eventos, alguns dos quais têm estado a decorrer mesmo antes da cerimónia oficial de abertura, na sexta-feira.

 

Já forma concedidas oito medalhas em desportos como esgrima, ténis de mesa e natação, com a Singapura a liderar o quadro de medalhas com dois ouros, uma prata e um bronze.

 

A seleção de futebol timorense já disputou dois encontros, tendo perdido ambos com a Malásia (1-0), no passado dia 30 de maio, e com a Tailândia, pelo mesmo resultado na segunda-feira.

 

Hoje defronta o Brunei.

 

@Lusa