Timor-Leste e Mongólia disputam em Dili 1.º jogo de qualificação para o Mundial2018

O Estádio Municipal de Díli torna-se hoje um cenário histórico por acolher o desafio entre as seleções de futebol de Timor-Leste e da Mongólia, primeiro encontro da fase de qualificação para o Mundial2018, na Rússia.


 

A seleção da Mongólia, que já treinou nos últimos dois dias em Díli, joga contra o mais novo membro da FIFA, Timor-Leste, país que há vários anos nem sequer tem liga profissional de futebol, apesar do muito interesse que o desporto suscita.

 

O longo processo de dois anos e meio de escolha dos finalistas do Mundial de 2018 - a que se candidatam 208 equipas - começa às 16:00 de hoje (hora local) em Díli.

 

Membro da FIFA desde 2005, Timor-Leste é cenário de grandes paixões em torno ao futebol, sendo comum, por exemplo, haver confrontos entre adeptos quando se joga um Real Madrid-FC Barcelona, ou ainda, mais habitual, as apostas em encontros importantes.

 

A capital conta com duas das equipas históricas de Timor-Leste, o Sport Dili e Benfica e Sporting Clube de Timor mas, oficialmente, não há campeonato profissional.

 

A alternativa tem sido, nos últimos anos, a Liga do Benfica, torneio cuja terceira edição começa também hoje, depois do jogo entre Timor-Leste e Mongolia e onde, este ano, já participam 21 equipas.

 

Bernardo Correia Barradas é o capitão do Boavista de Timor-Leste, a equipa ‘portuguesa’ do torneio "que está a crescer anualmente" e a procurar alargar o campeonato para fora da capital.

 

"É a terceira edição. Está a crescer anualmente e estamos a tentar sair de Díli", disse à agência Lusa. Ontem há já um jogo de ‘aquecimento’, mas "entre amigos": quem aparecer no Benfica às 21:45 joga.

 

Hoje, no jogo mais a sério, Timor-Leste vai tentar quebrar o ‘jejum’ em jogos de qualificação para o Mundial - perdeu os quatro anteriores - e procurar repetir o êxito das seleções que, nas últimas edições, abriram a ronda de qualificação.

 

Para os 10 mil que se esperam no Estádio Municipal de Díli - onde um dia Xanana Gusmão defendeu um penalti de Eusébio - o dia já será de história.

 

O jogo da segunda mão está marcado para 17 de março, em Ulan Bator.

 

com Lusa

tags: